Resoluções de fim de ano

21 dez

Foto: Getty Images

Quantas vezes eu já falei pra mim mesma “esse ano vai ser diferente”? Quantos planos de mudar meus hábitos nem saíram do pensamento, que o diga colocá-los em prática? A culpa disso sempre cai na famosa força de vontade, né? Você já parou para pensar que é possível que a comilança e a bebedeira das festas de final de ano sejam uma grande influência nessa falta de energia?

O “efeito gangorra”, provocado pelas comidinhas e bebidinhas mais tradicionais dessa época, faz com que nosso humor varie radicalmente diversas vezes durante o dia: acordamos de ressaca de tudo que comemos e bebemos na festa da empresa na noite anterior, tentamos desesperadamente compensar o cansaço de dormir pouco com muito café, para conseguir se arrastar durante o dia. E, quando você pensa que vai pra casa descansar, você lembra que tem que ir direto pra festinha da escola do filho. E, porque não teve tempo nem de comer direito, cai de boca nos salgadinhos e na cerveja de mais uma festa, e sai de lá relaxada e agitada ao mesmo tempo. Só para começar o ciclo de novo no dia seguinte.

Esse efeito de expansão e contração muito extremas para o corpo, mantidos por algum tempo, começam a causar consequências na forma como nossos órgãos internos funcionam e, ao final da maratona de festas, não há ser humano que tenha energia para planejar e executar qualquer nova empreitada.

Tudo começa pelo excesso de doces e sobremesas, bebidas alcoólicas e refrigerantes. Açúcar e álcool fazem os tecidos do corpo se expandirem, e assim temos uma imediata sensação de relaxamento. Mas, na verdade, essas substâncias provocam a liberação de grandes doses de adrenalina, o hormônio do estresse, e de insulina, o hormônio que processa a glicose no sangue. Esse desequilíbrio, mantido durante esse período, faz ser quase impossível produzir serotonina suficiente, o hormônio que traz a sensação de calma e contentamento. E, assim, criamos um corpo estressado e um humor deprimido.

No outro extremo, temos as comidas contrativas salgadas, como as carnes assadas e embutidas, queijos, molhos. Ao comer em excesso esses produtos, ficamos mais tensas, facilmente irritáveis e agressivas. Já a gordura, presente em grandes quantidades em todas elas, dificulta nosso fígado a limpar as toxinas e processar os hormônios no organismo.

E assim, o círculo vicioso continua: comemos muita carne, ficamos irritáveis e criamos o desejo pelo falso efeito de relaxamento dos doces, liberando muita insulina e adrenalina, criando estresse. Continuamos a ingerir bebidas alcoólicas, criamos o desejo pelas comidas salgadas e gordurosas, que impedem a desintoxicação desse álcool por meio do fígado. No meio disso tudo, estamos exaltadas, deprimidas, aéreas, logo depois anestesiadas e agitadas, logo depois de mau humor, cansadas.

A melhor época para começar a colocar em prática as resoluções de ano novo é antes do velho terminar. Comece pela forma como você come durante as comemorações, e aproveite a grande variedade de comidas para fazer escolhas inteligentes. A grande estrela da ceia de Natal, por exemplo, também pode ser o ingrediente principal no seu prato: a carne de peru, além de mais leve e magra, contém triptofano, uma substância conhecida por suas propriedades relaxantes e indutoras do sono.

Já as castanhas e sementes são ótimas fontes de energia: ajudam a estabilizar o humor, controlando o nível de glicose no sangue, e são uma excelente fonte de ômega-3, muito importante para um cérebro feliz. Aproveite também a abundância de frutas frescas da estação. Você pode, sim, saborear com calma e vontade a sua porção de sobremesa. Mas, se aquele seu lado formiguinha continuar te tentando depois disso, as frutas estão ali para suprir esse desejo, com a vantagem de serem cheias de vitaminas, minerais e fitonutrientes essenciais para o balanceamento hormonal.

Use e abuse da sempre bem-vinda água em qualquer festa! Ela ajuda na sensação de saciedade, na eliminação de toxinas, e a espantar o cansaço. Se você escolher consumir bebida alcoólica, o vinho tinto já é um conhecido promotor da saúde do coração. Consuma uma taça durante a festa, sempre acompanhado de muita água.

É claro que uma alimentação saudável e equilibrada é uma boa pedida o ano inteiro. Mas imagine o quanto será ótimo começar 2011 cheia de energia e disposição, pronta para colocar em prática todos aqueles planos que você tem para ter uma vida sensacional e um delicioso ano novo.

Também no blog Melissa Setubal.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: